Saiba como decorar o condomínio para o Natal

Pixabay

O ano passou voando e já é hora de deixar o condomínio preparado para receber o Bom Velhinho. Uma decoração de Natal bem feita é capaz de alegrar as áreas comuns e aqueles que por elas passam, sejam moradores ou visitantes.

Como tudo o que acontece dentro de um prédio, a decoração natalina deve ser foco de planejamento. O síndico precisa verificar junto aos condôminos se existe interesse em promovê-la. “É necessário consultar os moradores e levar o tema para a assembleia. Ouvir a coletividade é de extrema importância para a realização de algo que agrade e seja de comum acordo de todos”, explica o presidente da AABIC (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo), José Roberto Graiche Júnior.

Custos, claro, são uma preocupação. Para o especialista, as eventuais despesas com enfeites em geral devem constar no orçamento anual, sendo deliberado o montante que poderá ser utilizado para este fim.

Decorar o condomínio não precisa ser tarefa apenas do síndico. Pelo contrário: quanto mais a comunidade participa, mais cada indivíduo se sente parte do todo. “Poderá ser formada uma comissão de eventos em geral no condomínio para eventos que envolvam decorações, como Natal, Ano Novo, Carnaval e Copa do Mundo”, aconselha Graiche Júnior.

O que está em alta – A cada ano, mais criativas ficam as composições natalinas. Segundo a coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo da Uninove (Universidade Nove de Julho), Débora Faim Lazarini, vale dar um toque personalizado no ambiente. “Pode-se, por exemplo, associar elementos ligados à brasilidade ou aos trabalhos manuais, feitos com a colaboração dos moradores ou de ONGs. Quanto menos impessoal for a decoração, mais ela será percebida e admirada.”

Para a coordenadora, a questão da sustentabilidade deve ser levada em consideração não apenas por uma questão de consciência, mas também por economia. “Deve-se investir em materiais que sejam ecologicamente corretos e que também tragam uma fácil manutenção. Deve-se pensar na possibilidade de reutilizar este material em outras oportunidades, otimizando o investimento”, aponta.

Débora explica que se deve focar nas áreas comuns e de convivência para que moradores e visitantes tenham acesso à visualização da decoração. Se o condomínio quiser fazer deste trabalho um “cartão de visitas”, poderá investir mais na fachada e no hall de entrada.

A profissional lembra que uma boa ornamentação não é necessariamente cara. Tudo vai depender do tamanho da área e dos materiais empregados. “De um modo geral, com uma verba de R$ 1 mil o condomínio já possui meios de garantir uma decoração de Natal para um hall de entrada, por exemplo.”

Por fim, Débora ressalta que cuidados envolvendo a rede elétrica devem ser tomados, uma vez que a iluminação sempre está presente. “Hoje só se pode pensar nas lâmpadas de LED, pois são muito mais duráveis e econômicas. Deve-se observar a potência total prevista a fim de verificar se ela poderá ser comportada pelas instalações elétricas do condomínio. Nenhuma ‘gambiarra’ pode ser admitida ou tolerada”, afirma.

Muito além de enfeites – Mas nem só de decoração é feito o Natal. A época é de confraternização e solidariedade, dois pilares que valem a pena ser explorados pelo síndico.

Uma ideia é apostar em uma festa de Natal que reúna os moradores, a fim de promover maior interação entre eles. “A comissão eleita ou a assembleia de condôminos podem determinar como as comemorações serão realizadas, prevendo no orçamento o limite de gastos ou ainda estipulando um rateio extraordinário para custeio do evento”, diz o presidente da AABIC.

Ações sociais, como doações de brinquedo e alimentos, também podem ser uma boa iniciativa para aproveitar o espírito de paz e amor que costuma rondar as últimas semanas do ano. “O síndico poderá conversar com os moradores ou com a comissão de eventos para que verifique quais ações os condôminos gostariam de apoiar”, finaliza Graiche Júnior.

Via Revista Área Comum

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.