Como o WhatsApp pode ser usado de forma eficaz pelo síndico

Pixabay

Quem não vive hoje de olho no WhatsApp? O aplicativo de mensagens se tornou um dos mais populares e sua agilidade e eficácia fazem dele um queridinho também quando o assunto é comunicação entre síndicos e moradores. Mas atenção: seu uso deve ser ponderado para evitar chateações de ambos os lados.

Preparamos algumas dicas para melhorar a utilização desta ferramenta em condomínios. A consultoria é de Sérgio Craveiro, presidente da Conasi (Confederação Nacional dos Síndicos). Segundo ele, os condôminos em geral são receptivos à tecnologia, que visa fundamentar questões de rotina. Aqueles que não se sentem à vontade costumam sair do grupo sem maiores problemas.

Veja as recomendações:

    • É aconselhável que o síndico faça um grupo onde somente o administrador (ou seja, ele mesmo) poste as mensagens. Já existe essa funcionalidade no WhatsApp (busque pela opção de transmissão);
    • o aplicativo deve ser usado para comunicados rápidos, tais como aviso de elevador quebrado, falta de luz, lavagem da garagem e limpeza da caixa d’água;
    • não utilizar a ferramenta como despejo de lamentações ou livro de ocorrências, e sim para conferir agilidade à comunicação;
    • essa tecnologia não deve ser empregada de forma alguma para críticas pessoais, xingamentos ou envio de correntes religiosas. Cabe ao síndico zelar pela manutenção das regras no grupo caso ele seja aberto.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Revista Área Comum

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.