O elevador parou, o que fazer ? Mantenha a calma e não se desespere

Qualquer pessoa sente aflição ao ficar presa num elevador.Se o prédio que você mora ou trabalha possui elevador, mesmo antes de acontecer um incidente, verifique se o equipamento possui, fixada na parede da cabine, placa com os contatos da empresa responsável pela manutenção do maquinário. Caso não possua, faça uma solicitação ao síndico. Mas não é necessário trocar o conforto da máquina pelas escadas. Para não entrar no desespero em caso de qualquer falha, conheça algumas medidas a serem tomadas até que o socorro chegue:

 

1 – Os elevadores não possuem uma vedação completa.  Quando o elevador enguiça, alguns passageiros têm a sensação de falta de ar é bem comum  forçarem para abrir a porta. O que não é aconselhável, pois isso pode causar um acidente. Antes de qualquer coisa acione o alarme, ou tente qualquer forma de contato para solicitar socorro, caso esteja acompanhado de outros passageiros, evitem falar muito e apure se existe alguém que possua algum problema respiratório como asma por exemplo, se isso ocorrer informe ao resgate as condições de saúde das pessoas que estão com você para que a ação de retiradas das pessoas possa ser mais rápida.

2 – O socorro não deve ser feito porteiros e nem por zeladores. Nenhum dos dois são capacitado para realizar tal procedimento. Ainda que o elevador esteja desligado, os são altos. Os funcionários do edifício e síndicos devem contatar a segurança e o Corpo de Bombeiros, além conversar com os passageiros que estão presos, mantendo-os informados até a chegada do socorro.

3 – Se você é morador, zelador ou porteiro e estiver auxiliando no resgate, procure repassar para os profissionais o número e as condições de todos os passageiros que estão presos

4 – Mesmo após o resgate, o elevador deve permanecer interditado e com as portas dos andares travadas, para evitar que outras pessoas fiquem presas também. A máquina só deve voltar a funcionar depois de liberação da assistência técnica.

5 – Os prédios têm o dever de possuir empresas credenciadas para manutenção periódica dos elevadores. Em caso de descumprimento, o síndico ou administrador  poderão ser responsabilizado pelas consequências de um eventual acidente.

 

Com essas dicas deverá ser mais fácil enfrentar essa situação, caso aconteça. Não é preciso entrar em desespero. Agora que já leu nosso post, não se esqueça de compartilhar essas dicas com seus vizinhos, amigos e familiares. 😃 

 

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.