Cuidados com as plantas necessários no verão

Com o verão, as plantas de casa e do condomínio precisam de mais atenção e cuidados, já que enfrentam um período de intenso calor e chuvas periódicas. Apesar do clima ser mais favorável ao desenvolvimento das áreas verdes, o cenário favorece o surgimento de pragas e doenças vegetais.

A área verde dos condomínios é importante por diversos fatores. As plantas ajudam a controlar a temperatura, deixando-a mais amena. E também já viraram um diferencial na hora de avaliar os imóveis, sendo uma ferramenta de valorização no mercado imobiliário. Por isso, além dos cuidados extras que devem ser tomados na época de maior calor, a manutenção preventiva das plantas devem ser feitas durante todo o nano.

Buscando manter os jardins mais bonitos e saudáveis, devemos tomar algumas precauções. Confira:

  • Na hora de poder, é essencial que se defina os galhos que precisam ser retirados, evitando cortar os que estão saudáveis e contribuem para a saúde da árvore. O corte de galhos em excesso favorece o envio de nutrientes às partes saudáveis. Além disso, a poda também serve para moldar as árvores e deixá-las mais bonitas, mas os especialistas indicam que só se deve fazer isso uma vez por estação do ano.
  • Cuide bem dos gramados! Capinar essas áreas faz com que fiquem bonitas e viçosas sempre, sem que haja crescimento excessivo.
  • Valorize as espécies nativas. Elas trazem sustentabilidade ao jardim, já que não precisam de tantos nutrientes ou irrigação, uma vez que são adequadas ao clima.
  • Na hora de regar as plantas, dê preferência aos horários de menor incidência do sol – antes das 8h da manhã e após as 18h. Nestes horários, devido às temperaturas um pouco mais baixas, a água evapora mais devagar.
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.