Você sabe como montar uma horta caseira?

Ter uma horta em casa trai inúmeros benefícios para você e sua família, e o principal deles talvez seja a opção de ter alimentos orgânicos ao seu alcance. Por isso, resolvemos trazer esse tema para a matéria de hoje, com dicas de como montar uma horta caseira. Confira!

Construir e cuidar de uma hortinha pode ser, além de tudo, uma terapia para qualquer pessoa, ajudando a aliviar o estresse e estreitando seu contato com a natureza, a terra, aromas e sabores novos e frescos. A seguir, falaremos melhor sobre alguns detalhes importantes para implementá-la.

  • Lugar

Na hora de escolher onde ficará sua hortinha, não é necessário reservar um espaço muito grande, e uma opção possível para qualquer ambiente é usar o parapeito da janela para colocar recipientes (que podem abrigar ervas e temperos). Lembre-se de fazer um furo no fundo, para que a água seja drenada, evitando que as espécies fiquem encharcadas.

  • Misturando

Para abrigar mudas de diferentes tipos, use as jardineiras, que também servem para driblar a falta de espaço. Cuidado ao escolher as mudas que dividirão o recipiente, já que a hortelã possui raízes invasoras, destruindo outras espécies. Ela e a salsinha devem ser plantadas sozinhas. Entre as misturas que dão certo estão, por exemplo, alecrim, tomilho e sálvia; manjericão, anis, carqueja e sálvia; manjericão, manjerona e cebolinha.

  • Solo

Grande parte do sucesso de uma horta depende do preparo do solo. A terra precisa ter uma adubação equilibrada. Mistura duas partes de terra comum, uma parte de composto orgânico (como o húmus de minhoca) e uma parte de areia. O canteiro não pode ter pedras, e o solo deve estar bem fofo, para que as espécies consigam crescer livremente.

  • Adubo

A melhor coisa é poder optar por adubos naturais, fazendo sua horta ser totalmente orgânica. A torta de nim aduba e afasta pragas e doenças, o húmus de minhoca ou torta de mamona (tóxica para crianças e animais) tem riqueza de nitrogênio, fazendo com que as folhas fiquem grandes e bonitas; a torta de algodão substitui a última opção, não sendo tóxica.

  • Luz

A hortinha precisará de, no mínimo, quatro horas diárias de sol – tanto para verduras, como para temperos. Proteja as mudas do vento, para não comprometer seu crescimento. Lavanda, tomilho, tomilho limão, alecrim, capim-limão e citronela são espécies mais resistentes ao vento.

  • Poda

As ervas se manterão sempre bonitas e saudáveis se a frequência de consumo for grande – isso é um estímulo para a produção de novas folhas. Caso não as use com certa frequência, aposte numa boa poda, cortando folhas e aguardando que as próximas nasçam.

E então, o que achou de todas essas informações que trouxemos?! Esperamos que tenha gostado de nossas sugestões e se inspirado para implantar, o mais rápido possível, uma horta na sua casa ou apartamento. Hora de colocar a mão na massa – ou na terra! ☺

 

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.