Como evitar impugnação de assembleias

As impugnações nas assembléias são recorrentes e contém diversos assuntos e regras com que podem deixar qualquer pessoa atordoada. Mas, essas reuniões são regidas pelas normas do Código Civil, da convocação até sobre os procedimentos de como devem proceder as votações. Mas, o que é ter uma assembleia impugnada? É ter as decisões tomadas são contestadas e as decisões tomadas são anuladas.

O que gera impugnação de assembleias?

É comum permitir que condôminos inadimplentes ou até inquilinos que não possuem procuração do proprietário votem durante as assembleias. Em relação aos inquilinos, se o Regimento Interno não estabelecer que é necessária uma procuração reconhecida a firma em cartório, o inquilino pode participar sem gerar impugnação.

 

Outra situação que pode resultar em impugnação é quando a eleição de um síndico não condômino é impedida. O Código Civil não estabelece que o síndico eleito deve ser morador. Além da não convocação do síndico, que gerar a impugnação de assembleias.

Como evitar a impugnação de assembleia?

Para evitar essas situações embaraçosas é possível adotar algumas medidas, mas propensas a impugnar uma assembleia. Confira dicas!  

– Antes de dar início a assembléia, não se esqueça de aguardar as duas convocações;

– Convoque todos os moradores, seguindo as normas do Regimento Interno. Se a Convenção não estabelecer uma data para iniciar a convocação, considere sempre 10 dias antes da data;

– Divulgue o edital de convocação em locais expostos, como nos elevadores e murais do prédio;

–  Crie uma ata de todas as reuniões e descreva os assuntos abordados por ordem;

 

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.