Entregadores: dicas de segurança para o condomínio

A segurança é, com certeza, uma das prioridades para quem mora em condomínio. Porém, mesmo com porteiros bem preparados, a criatividade dos bandidos se renova e o risco continua. Uma das técnicas utilizadas é usar o disfarce de entregador para ter acesso às áreas internas do prédio. Para evitar esses problemas, vamos te dar algumas dicas. Confira abaixo!

 

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que no caso de entregas pequenas, como farmácia e pizza, os entregadores não devem entrar no condomínio. É dever do morador ou de quem está responsável pela residência no momento, descer e receber a encomenda. Além disso, sempre que houver alguma alteração de procedimento na vida condominial, por exemplo, a contratação de um entregador interno no condomínio, essas devem ser previamente comunicadas em uma assembleia.

 

Veja abaixo algumas possibilidades para os condomínios, com diferentes níveis de segurança:

 

Segurança máxima: Não permite a entrada de nenhuma entrega. Por esse motivo, disponibiliza carrinhos para que os moradores circulem entre os portões e a unidade. Para entregas maiores, como de supermercado, pode haver uma área de descarga dentro do condomínio. Mas, nesse caso, para o morador receber as compras deve estar acompanhado de um prestador de serviços. Uma outra solução para quem não deseja ter estranhos andando pelas áreas comuns é a contratação de um entregador interno. Desse modo, os condôminos não precisam acompanhar a movimentação de entrega. Só devem autorizar a entrada do prestador de serviços, preferencialmente com o número do pedido.

 

Nível médio de segurança: O entregador pode entrar no condomínio, desde que siga alguns procedimentos, como:

 

– Cadastramento prévio dos entregadores: Os entregadores do comércio ao entorno devem ligar com antecedência e cadastrar os funcionários que irão efetuar as entregas. Mesmo assim, ao chegarem ao condomínio, os entregadores devem sempre ser anunciados para os moradores.

– Avisar o porteiro: O porteiro deve sempre saber que uma entrega está agendada para aquele dia. Não apenas no caso de entrega do entregador, mas também em caso de remessa grande.

– Se houver uma linha de telefone que faça ligações externas, o porteiro também pode ligar para a empresa em questão para ter certeza que aquela pessoa integra o quadro de  funcionários.

– O entregador nunca deve circular sozinho no condomínio. Por isso, é importante sempre ter alguém livre para acompanhá-lo.

 

Pouca segurança: Infelizmente alguns condomínios ainda pecam na questão da segurança e permitem a entrada de entregadores sem cadastro e os deixam andar pelas áreas comuns sem acompanhante. Se você identifica algumas dessas atitudes no seu prédio fique de olho e alerte tal fato nas reuniões de condomínio!

 

Infelizmente, o Rio de Janeiro está entre as cidades mais violentas do país. Por isso, temos que ficar espertos e atentos em relação às precauções necessárias. Gostou da nossa matéria de hoje? Então compartilha para que essas dicas e informações ajudem mais pessoas.

0

3 comentários em “Entregadores: dicas de segurança para o condomínio”

  1. Trabalho com aplicativos cartão de visitas digital publicados na play store e mesmo não tendo nada a ver com meu trabalho este poste foi de uma grande inspiração e me ajudou muito
    gostei muito do seu post, o conteúdo além de ser bem explicado tem me ajudado muito, vou acompanhar mais suas postagens.
    Para que você possa conhecer um pouco sobre meu trabalho deixo aqui o link do meu site https://appsws.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.