Como fazer o tratamento da piscina no outono

Como o outono já começou, nós resolvemos mostrar algumas informações e dicas bem interessantes sobre como fazer o tratamento da piscina durante essa estação. Então, se você se interessou nesse tema e quer conferir as orientações que trouxemos, continue lendo a matéria de hoje!

No outono é quando o uso da piscina começa a diminuir por parte dos moradores e visitantes, tornando-se bem menos frequente do que no verão, a estação mais quente e de maior movimento nesse espaço. Independente disso, o tratamento da piscina precisa continuar sendo realizado.

O ritmo das manutenções feitas diminuirá em relação ao verão, mas alguns cuidados continuam sendo necessários. Saiba mais:

 

  • Limpeza do ambiente

 

A área da piscina costuma ficar mais suja durante o outono, já que as chuvas e os ventos são mais fortes nesse período. Caso haja jardins próximos, é normal que a sujeira fique ainda maior, devido às folhagens das plantas, que são carregadas pelo vento. Por isso, a limpeza da área próxima à piscina é ainda mais importante, evitando o acúmulo desses elementos, reduzindo a chance de caírem na água. Varra frequentemente o local (ou utilize um soprador de folhas), sempre na direção contrária à piscina.

 

  • Superfície da água

 

Pelo mesmo motivo explicado anteriormente, é comum que folhas e insetos caiam na água. Utilize, para retirá-los, a peneira de piscina. Essa etapa da peneiração é importante para garantir maior eficácia dos produtos utilizados durante o tratamento químico.

 

  • Alcalinidade e pH da água

 

É importante medir tanto a alcalinidade, como o pH da água da piscina, garantindo que o cloro (e demais produtos) consiga (m) agir adequadamente. A alcalinidade deve ser mantida entre 80 e 120 ppm, enquanto o nível indicado do pH é de 7,2 a 7,6. Mantendo tudo dentro dos conformes, o cloro agirá de forma correta, e a piscina estará devidamente sanitizada, tendo uma água de qualidade.

 

  • Cloro

 

Principal responsável pela eliminação dos microrganismos, o cloro deve ser aplicado semanalmente, garantindo o combate aos vírus, algas, bactérias e fungos, além de preservar a piscina. O nível de cloro precisa estar de 1 a 3 ppm. Caso necessário, deve-se ajustar esse valor.

 

  • Clarificando

 

Depois de tudo já comentado, é o momento de deixar a água da piscina mais bonita, cristalina. Para isso, o clarificante deve ser aplicado, também semanalmente, para que a sujeira em suspensão seja decantada e depositada no fundo da piscina. Dessa forma, é possível retirá-la durante os processos de filtragem e aspiração, quando houver essa necessidade.

 

  • Capas protetoras

 

Para preservar a água da piscina enquanto ela não estiver sendo utilizada, as capas protetoras são muito indicadas. Além de protegerem a água de bichinhos, folhas e outras sujeiras, também dá maior segurança aos condôminos, principalmente às crianças, evitando acidentes. Há, inclusive, modelos térmicos, que têm o poder de manter a piscina aquecida, permitindo que o espaço seja aproveitado mesmo quando o tempo esfriar.

Esperamos que, com nossas sugestões, você utilize mais a sua piscina também durante o outono. Vale lembrar que, independente da estação do ano, o tratamento da água deve ser mantido, e que a sua periodicidade dependerá de cada caso, em relação a fatores como, entre outros, tamanho e frequência de uso. #FicaADica

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.