Pets que ficam sozinhos em casa: como lidar?

Quem trabalha fora ou, por qualquer outro motivo, passa longos períodos longe de sua casa/apartamento, deixando os bichinhos de estimação sozinhos, não sabe o que fazer para deixá-los mais felizes. A preocupação de como o pet está é comum. Por isso, resolvemos falar desse tema no post de hoje.

Os animais de estimação precisam ser treinados para ficar sozinhos na sua casa (enquanto você vai ao mercado, trabalha, sai etc.) ou, caso contrário, eles podem destruir os móveis e objetos do seu lar, além de ficarem extremamente ansiosos e frustrados.

Uma boa dica para a etapa inicial, de adaptação, é reservar um local da casa para o bichinho ir se acostumando, e, depois, ir liberando os outros espaços, conforme ele for se adaptando e, é claro, dependendo do seu comportamento. Tudo vai depender de como ele reagirá.

Se você tem um quintal ou uma varanda bem protegida (com telas de proteção, por exemplo), pode liberar o acesso do pet a esses locais. Dessa forma, ele também aproveita um pouco do ar livre, gastando a energia, podendo pegar sol, e ficando mais relaxado.

Caso queira instalar uma portinha para o pet passar para o quintal, mas tem medo que outros bichos entrem durante a noite, ou até medo de assaltos por conta disso, é só colocar uma trava na portinha, trancando-a nos momentos em que você achar conveniente.

Outra dica importante é deixar os brinquedos dos animais acessíveis. Mas não libere todos os brinquedos ao mesmo tempo, preferindo deixar um (ou dois) para cada período de tempo. Revezando, ele não ficará entediado com aquele brinquedo específico, diminuindo o risco de sair roendo a casa toda.

Aproveite os brinquedos interativos, fazendo com que o pet se entretenha por bastante tempo, já que ele demorará mais para descobrir/desmanchar. Um bom exemplo é deixar um brinquedo com ração dentro. Você pode improvisar com uma garrafa pet recheada de ração, fazendo pequenos furos nela.

Os furinhos farão o animal sentir o cheiro da comida e, dessa forma, ele levará um tempo tentando abri-la para se alimentar. Você também pode usar pedaços de barbante para prender brinquedos nas maçanetas e nas janelas, fazendo com que o bichinho gaste energia para tentar pegá-los.

É essencial prestar atenção nos objetos que você deixa ao alcance do animal de estimação. Tome cuidado com isso e não disponha coisas pequenas e delicadas tão à vista, evitando acidentes tanto com as coisas, como com os animais. Guarde bem (no alto, por exemplo) o que precisa ser mantido longe do pet.

Outra coisa necessária é fazer exercícios com o animal (como uma caminhada) antes de sair de casa. Assim, ele ficará relaxado e um pouco cansado, evitando que faça besteiras dentro de casa. Em suma, animais calmos e felizes tendem a ficar bem em qualquer local.

Como mencionamos no começo, os bichinhos precisam ser treinados para ficarem sozinhos e, muitas vezes, esse treinamento precisa ser feito com a ajuda de um profissional. Cada raça e, na verdade, cada animalzinho, tem exigências diferentes, além de sua personalidade própria. #FicaADica

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.