Escolha de materiais sustentáveis para a sua casa

Escolha de materiais sustentáveis para a sua casa

Os hábitos sustentáveis estão cada vez mais presentes no nosso cotidiano, já que mais e mais pessoas têm se preocupado e, de fato, agido, em relação a um planeta mais equilibrado. Pensando em colaborar com essa missão, trouxemos, no post de hoje, dicas para a escolha de materiais sustentáveis para a sua casa. Confira!

Se você estiver construindo uma casa, ou mesmo reformando sua casa ou apartamento, há algumas opções que, aproveitando melhor os recursos naturais (como a luz solar ou a água da chuva, por exemplo), ajudam a diminuir as contas para a manutenção da construção, além de colaborar com o meio ambiente.

Por isso, a seguir, separamos algumas sugestões, tanto para adaptar o espaço onde você já mora, como também para construir uma casa sustentável, através de algumas técnicas. Os investimentos necessários variam muito de valor, por isso, preste atenção nas nossas dicas e implante as que achar mais interessantes e/ou convenientes.

No caso de uma casa já pronta, há algumas adaptações e atitudes que te ajudam a consumir de forma mais consciente, como, por exemplo:

  • Trocar as lâmpadas convencionais pelas de LED que, mesmo mais caras, são mais eficientes e duráveis, compensando o investimento;

  • Tirar os chuveiros elétricos, optando pelo aquecimento solar da água;

  • Instalar placas fotovoltaicas para a geração de energia elétrica (podendo ser ligadas diretamente na rede);

  • Reutilizar água usada no chuveiro, tanque e máquina de lavar (aplicando um filtro simples) para a descarga, rega de plantas e lavagem do quintal, por exemplo;

  • Captar a água da chuva (com um sistema específico implantado), filtrando e reutilizando a água da mesma forma como mencionado anteriormente;

  • Separar o lixo entre secos (recicláveis) e molhados, destinando-os corretamente – deve-se consultar a prefeitura sobre a coleta seletiva ou procurar ONGs e empresas específicas.

Agora, quem está construindo uma casa do zero, tem maior facilidade para implantar certas medidas, que auxiliarão nessa onda verde, como:

  • Orientar a construção da casa em relação ao sol, já que a entrada de luz direta ou indireta nos cômodos influencia a quantidade de energia elétrica consumida;

  • Se a casa fica numa cidade muito quente, podem-se criar aberturas e optar por utilizar a luz indireta. Em locais frios, aberturas para a entrada da luz solar e paredes espessas ajudam a aquecer os ambientes;

  • Optar pela bioconstrução, que utiliza materiais naturais pouco ou nada industrializados, como areia, bambu, madeira, palha, pedra e terra, é outra opção;

  • Além dessas atitudes, algumas mencionadas anteriormente, como instalar sistemas de captação da energia solar e da água pluvial também são importantes.

E então, o que você achou das sugestões que trouxemos?! Esperamos que tenha gostado e que coloque, de fato, em prática, pelo menos algumas delas. E, dessa forma, que espalhemos essa onda verde para mais e mais pessoas. Por isso, faça sua parte e compartilhe essa matéria com seus amigos e familiares! ☺

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.