Água farta: quem não gosta?

Saiba como fazer a manutenção e os pequenos reparos nas torneiras do seu imóvel, para poder contar com esse líquido mágico para saúde (água), bem estar e economia no orçamento doméstico, já que a manutenção periódica proporciona maior durabilidade das torneiras e assegura melhor qualidade da água que você usa na sua casa.

Evite utilizar produtos abrasivos, como os ácidos e palha de aço, para fazer a limpeza da torneira. Esses produtos podem retirar o brilho dela, além de causar manchas. Utilize apenas um pano macio e úmido, com água e sabão neutro. É importante fazer uma limpeza externa e interna da torneira, periodicamente. Para retirar o calcário que se acumula no interior dela, desmonte a torneira e utilize algodão embebido em produtos a base de ácido cítrico, que não danificam o cromado das peças. Esse cuidado também serve para torneiras douradas. Nesta ocasião, pulverizadores e filtros internos também devem ser desmontados e limpos, mergulhados no mesmo produto usado para limpar a torneira, diluído em água.  Depois enxague bem. Não use vinagre em nenhuma parte da torneira, pois apesar de ser um produto “natural”, é ácido e pode danificar a torneira.

Verifique regularmente se a torneira está funcionando corretamente. Se você notar que ela está pingando, quando fechada, pode ser que haja acúmulo de detritos no encanamento, ou que a “borrachinha” (vedante) – no caso de torneiras comuns – já venceu. As torneiras mais modernas, chamadas de “¼ de volta” têm um mecanismo interno (chamado reparo) que dispensa o uso de vedante (borrachinha).

Além de fazer você gastar mais na conta de água (uma torneira pingando pode consumir até 46 litros de água por dia, ou seja, 1.380 litros de água por mês!).

Para evitar o desgaste do sistema de fechamento e vedação da torneira, não aperte excessivamente os registros das torneiras, com o tempo, isso causa o famoso “pinga-pinga”.

Antes de qualquer reparo ou limpeza interna na torneira, é necessário interromper o fluxo de água, fechando o registro, que pode ser local ou geral. Depois é necessário esvaziar o encanamento, deixando a torneira aberta até cessar a saída de água, por isso, lembre-se de reservar uma quantidade de água suficiente em algum balde para realizar a limpeza.  Proteja os cromados da torneira com um pano, para evitar riscos causados pelas ferramentas. Se a torneira for elétrica, lembre-se de interromper também a corrente elétrica, deligando o disjuntor geral.

Para desmontar a torneira e fazer o reparo ou a limpeza, você vai precisar de uma chave de fenda e um alicate, ou de uma chave inglesa, veda rosca e um vedante e ou um reparo interno, dependendo do tipo dela.

O pessoal do SOS Solteiros fez um tutorial super bacana ensinando como trocar a “borrachinha” da torneira:

Desmonte a torneira

  • Feche o registro
  • Localize o engate flexível (a mangueirinha branca)
  • Desenrosque o engate
  • Desmonte o reparo (de plástico) e encontre a borrachinha (vedante)
  • Solte o pino protetor, usando as mãos
  • Desenrosque o parafuso, usando a chave de fenda cruzada
  • Retire o acabamento, usando as mãos
  • Solte a tampa protetora, usando as mãos
  • Desenrosque o reparo (a parte branca) no sentido anti-horário, usando o alicate
  • Retire o eixo (de plástico) e verifique se não ficou nada dentro da torneira (caso o reparo da torneira seja de metal, veja o exemplo abaixo)
  • Retire o vedante velho e troque pelo novo

Remonte a torneira

  • Rosqueie o reparo na torneira
  • Coloque a proteção
  • Prenda o acabamento, usando as mãos
  • Parafuse, usando a chave de fenda cruzada
  • Rosqueie o pino, usando as mãos
  • Se você retirou a torneira toda da parede:
  • Passe veda rosca na ponta da torneira
  • Rosqueie o engate que está na parede

Desmonte o reparo (de metal)

  • Solte o pino protetor, usando as mãos
  • Desenrosque o parafuso, usando a chave de fenda cruzada
  • Retire o acabamento, usando as mãos
  • Desenrosque o reparo  no sentido anti-horário, usando as mãos
  • Se o reparo (parte de metal do eixo)  não sair inteiro
  • Observe a bucha (um pedacinho de plástico “bege” onde o reparo se apoia) dentro da torneira
  • Coloque o reparo de volta no buraco, e com a ajuda de um alicate puxe de forma que consiga tirar a bucha
  • O eixo deve sair completo com o reparo e a borrachinha
  • Cuide bem das torneiras da sua casa e evite dor de cabeça!

Fonte: VivaReal

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lumen Administradora

A Lumen Administradora considera o cliente em primeiro lugar e, em todas as suas atitudes, prima pelo bom atendimento e pela preservação dos valores e princípios que sempre orientaram sua trajetória de crescimento.